6 piadas para morrer de rir

Quem é que não gosta de dar umas boas gargalhadas para relaxar depois de um dia difícil, não é mesmo? Confira abaixo as melhores piadas para morrer de rir!

Minha filha de 12 anos me perguntou:

– Mãe, você tem uma foto sua de quando era bebê? Preciso dela para uma tarefa da escola.

Dei uma foto a ela sem me lembrar de perguntar o tema do trabalho.

Dias depois, estava na sala de aula dela para uma reunião de pais, quando percebi meu retrato num mural. O título era “A coisa mais velha na minha casa”.

Aimee Kent

Dou aula de química e física, duas disciplinas pelas quais a maioria dos alunos tem aversão.

Um dia comentei, depois de uma das muitas badernas em classe:

– Eu ganho pouco, mas me divirto com vocês.

E um deles, para não perder a oportunidade, respondeu:

– Nós também, não aprendemos nada, mas nos divertimos muito.

Iêda Soraia Marques

Minha mãe sempre quis tocar piano. Meu pai, então, comprou um de presente para ela. Dias depois, liguei para saber o que ela estava achando da experiência.

– Devolvi o piano. Convenci sua mãe a tocar clarineta – disse papai.

– Por quê? – perguntei.

– Porque com a clarineta ela não consegue cantar junto – explicou ele.

Don Foster

Eu estava na seção de congelados de um mercado e vi um homem fazendo compras com o filho. Quando passei perto deles, o pai olhava para a lista de compras e falava ao filho, em tom “conspiratório”:

– Se fizermos tudo errado, nunca mais precisaremos fazer isso de novo.

Janet Campbell

O rapaz vai passar por uma delicada cirurgia e o médico tenta tranquilizá-lo:

– Não tenha medo, companheiro. Sou muito experiente nessa área. Olhe bem para minha longa barba e tenha confiança. Quando você voltar da anestesia, conversaremos.

Após a cirurgia, o rapaz abre os olhos e depara com uma enorme barba. Não se contendo de alegria, ele exclama:

– Obrigado, doutor! Eu sabia que podia confiar no senhor!

– Que doutor nada, homem! Eu sou São Pedro!

Aparecida Plazza P. Boscaini

Dois velhos amigos sentados num banco de praça.

Primeiro amigo:

– Ganhei uma indenização ótima do seguro. Minha casa pegou fogo.

Segundo amigo:

– Que engraçado, acabei de ganhar uma indenização ótima também. Minha casa inundou.

(Pausa)

Primeiro amigo:

– Como você começa uma inundação?